Normas América do Norte

Esse conjunto de normas foi elaborado a partir das experiências vivenciadas pela sociedade norte-americana ao longo de sua história, como forma de garantir condições de proteção aos trabalhadores em situação de risco. O objetivo era criar e manter normas e requisitos para a prevenção e supervisão de atividades, formação, especificação de equipamentos e também o desenvolvimento de normas e códigos de segurança.

Os requisitos regulamentares para equipamentos de proteção foram estabelecidos pelo Comitê Técnico de Segurança em Eletricidade da NationalFireProtectionAssociation – NFPA, que se refere às normas de teste, estabelecidas pela American Society for TestingandMaterials- ASTM. Portanto, os padrões de referência para roupas são os padrões NFPA 2112 e NFPA 70E, que se referem a uma série de padrões de teste ASTM.

• NFPA 2112: Norma para vestimentas resistentes a chamas para proteção industrial contra fogo repentino – Standard on Flame-ResistantGarmentspara a proteção pessoal contra incêndios.
• NFPA 70E: Segurança elétrica no local de trabalho – ElectricalSafety in theWorkplace.

Fogo Repentino

NFPA 2112
Programa norte-americano de certificação de roupas resistentes ao fogo repentino – determina os requisitos mínimos para avaliação, teste e aprovação de vestimentas prontas, de acordo com o modelo e medidas pré-estabelecidas. Estabelece linhas de corte para testes realizados em roupas e tecidos.

ASTM F 1930
Teste de manequim instrumentado com vestimenta pronta conforme modelo e medidas pré-estabelecidas na norma. Este manequim possui mais de 100 sensores internos que detectam o percentual de queimaduras e o local onde ocorreram. A NFPA 2112 estabelece que o teste seja realizado em três amostras, com um tempo de exposição à chama de 3 segundos, além de outros testes físicos, e considera como aprovado um percentual de queimadas de até 50%. O resultado do teste é dado em um relatório com o gráfico que mostra os níveis de queima e a região queimada. Ele relata em detalhes todas as condições observadas no teste.

ASTM D 6413
Método de teste que avalia a inflamabilidade vertical de amostras têxteis recebidas após 25 ciclos de lavagem. O teste é realizado no sentido urdume x trama. A NFPA 2112 estabelece um limite de carbonização de 102 mm e um tempo de extinção da chama de dois segundos. Nesse método, amostras de tecidos contendo aviamentos que podem compor as vestimentas externamente, como faixas reflexivas, podem ser avaliadas. O teste será registrado em um relatório contendo informações detalhadas.

Arco Elétrico

NFPA 70E
Especifica os equipamentos de proteção e os classifica em quatro categorias de risco com base no ATPV, de acordo com a tabela abaixo:

ASTM F 1506
Norma que estabelece os requisitos de construção e teste para roupas de eletricistas. Determina as linhas de corte para as normas ASTM D 6413 e F 1959, entre outras, que avaliam as características físico-químicas da amostra têxtil.

ASTM D 6413
Inflamabilidade vertical (avalia a amostra têxtil conforme recebida e após 25 ciclos de lavagem). ASTM F 1506 estabelece 152 mm como limite de carbonização e persistência máxima de chama de 2 segundos.

ASTM F 1959

Norma que determina o ATPV (ArcThermal Performance Value)por meio de testes em pelo menos 20 amostras de tecido. O relatório apresenta os resultados do comportamento das amostras, inflamabilidade, ATPV, HAF (HeatAttenuationFactor), que é a porcentagem de energia incidente que é bloqueada pelo material testado quando ele é submetido ao arco elétrico a um determinado valor de energia incidente.

ASTM F 2621
Esta norma prevê um teste de observação do comportamento de materiais, produtos ou conjuntos na forma de produtos acabados para determinar a integridade destes, fechamentos e costuras, quando expostos à energia radiante e convectiva gerada por um arco elétrico sob condições controladas em laboratório. É complementar à norma ASTM F 1959, ou seja, os materiais utilizados na confecção do equipamento, que será testado de acordo com a norma ASTM F 2621, devem ser previamente testados de acordo com a norma ASTM F 1959.

Os requisitos construtivos dos materiais utilizados na fabricação dos equipamentos que serão submetidos aos testes da norma ASTM F 2621 são estabelecidos pela norma ASTM F 1506.

ASTM F 2178
Esta norma é utilizada para avaliar equipamentos de proteção facial conjugados (arranjos feitos nas conjugações de capuz, capacete e viseira ou capacete e viseira) quando submetidos ao arco elétrico e para determinar o ATPV do equipamento conjugado.

Stationwear

NFPA 1975
Esta norma especifica vestimentas de proteção para bombeiros à paisana e apresenta os requisitos mínimos em termos de desempenho e design que essas roupas devem atender. Entre os testes exigidos na norma estão:

• Inflamabilidade após 100 lavagens;
• Encolhimento térmico;
• Qualidade da costura;
• Durabilidade das etiquetas.

A norma deixa claro que seu objetivo é garantir proteção ao bombeiro em todas as situações, mas que as vestimentasStationwear, de bombeiros à paisana, devem ser utilizadas em conjunto com vestimentas de combate em caso de incêndio.

pt_BR